quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Começo de ano

Feliz ano novo!

Apesar de hoje ser o último dia de janeiro, é o primeiro em que dou as letras aqui...  Vou começar de vagar pra não cansar vocês...

Basta um 4 x0 sobre um time pequeno pra animar o torcedor alvinegro? Na verdade, não.

Fato é que cancelei meu ppv e não pude assistir muitos jogos nesse começo de ano (um VT aqui e outro ali ajudam pelo menos). Mas ainda assim quero chamar atenção para alguns fatos.

O primeiro deles é que, apesar de muita boataria e "notícias" (eis aí um conceito totalmente deturpado) confirmando a saída de Dória do Fogão, o menino continua conosco. Ótimo. Porém, ele não vem sendo aproveitado nos jogos. Não achei notícia de contusão ou coisa parecida. Será que não está na hora de colocá-lo no lugar do Antonio Carlos? Tudo bem que ele é muito melhor que o Fabio Ferreira e gosto desse jogador, mas já vimos tantos moles dele nesses anos... acho que é opinião de muitos que o Dória merecia uma chance.

Outro destaque é o  novo zagueiro-artilheiro Bolivar. Hoje ouvi entrevista dele na FOX Sports, dizendo que não é um jogador de fazer gols e tem tido sorte no Botafogo.

Claro que a sorte conta muito, nós botafoguenses sabemos. Porém, devo lembrar que a maioria destes gols de zagueiro foram feitos de cabeça. Ou seja, a jogada de bola na cabeça dentro da área funciona. Ora, se essa jogada funciona tão bem, porque nosso técnico desprezou Loco Abreu? Será que o Botafogo não consegue sustentar dois ídolos de uma vez? Em termos de marca, o uruguaio é (era) um ativo muito valioso para ser desprezado pelo OO.

Mais um comentário para finalizar. Excelente atuação e resultado contra o Audax, mas o clássico... vi essa semana e comprovei os comentários que li por aí. Não foi bonito de ver. Felizmente o adversário estava desfalcado e tínhamos Seedorf no banco para dar um toque de categoria. Se não chegou a ser uma apresentação desastrosa, certamente não deixou o torcedor confiante para a temporada que se inicia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário