sexta-feira, 24 de agosto de 2012

O peso de um erro de arbitragem

Tenho uma pergunta simples sobre os recentes acontecimentos no país do futebol (?).

Recentemente, o presidente da CBF, José Maria Marin, declarou-se insatisfeito com o nível da arbitragem no Brasil e acabou demitindo o presidente da Comissão Nacional de Arbitragem, Sérgio Correia.

A "gota d´água" teria sido o erro triplo do árbitro assistente Emerson Augusto de Carvalho, que deixou de ver três impedimentos no mesmo lance e que resultaram no segundo gol do Santos no clássico contra o Corinthians. O auxiliar foi afastado.

Não quero discutir aqui a efetividade das medidas tomadas. Eu quero saber é: porque somente após um erro (grosseiro, tudo bem) contra o atual queridinho e super-poderoso curíntia, é que resolveram tomar alguma atitude?

Qual é o jornalista ou blogueiro que não vem há ANOS reclamando do nível da arbitragem? O que ocorreu de diferente agora para que atitudes fossem tomadas?

Todo botafoguense sabe que erros igualmente grosseiros nos prejudicaram ao longo da história (e, raramente, nos favoreceram, é verdade), e ao reclamarmos, lá vinha a piadinha do "chororô". No ano passado, o Botafogo já havia divulgado nota solicitando o afastamento do MESMO Sergio Correia após eliminação da Copa do Brasil com um penalty roubado (a nossa gota d´água após muitos outros erros naquele ano e no anterior).

Então quando o clube paulista reclama as atitudes são tomadas. Nesse caso, será que nossa diretoria, mesmo tendo se manifestado, não tomou atitudes corretas? Com todas as críticas que podemos ter, não creio nessa tese. Eu acredito é que o Botafogo e o Rio de Janeiro estão politicamente enfraquecidos no mundo da bola.

E vocês? O que acham? O que é necessário para que a CBF tome qualquer atitude sobre qualquer assunto hoje em dia?

4 comentários:

  1. Eu acho que você disse tudo e o Corinthians tá queridinho da CBF,lembrando que Marin é a continuação do Ricardo Teixeira e ainda se tem o Andrés lá dentro e até treinador do esquema,tudo isso pra manter o esquema mais forte do que nunca.
    E vc lembrou bem do tratamento das coisas,a ANAF desrespeitou o Fogão outra vez e com o Corinthians não houve o mesmo,isonomia 0 e absurdo total.
    Abraço Camilla
    Igor(@igorsausmikat)
    meu blog: http://igoresportes.blogspot.com.br/ e no twitter @blogdoigor05 pra quem quiser seguir o blog

    ResponderExcluir
  2. Camilla, quero ver tua diretoria reclamar do gol inválido contra o Palmeiras.... hahahahahahaha
    tiamo, tá?

    ResponderExcluir
  3. Marcela, a questão é muito maior do que essa... Ou qq outro evento isolado. Estou falando do todo.

    E ng vai reclamar pq esse gol nao interferiu na classificação do Palmeiras anyway...

    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Patético, mesmo. Mas eu fiquei pensando: o que aconteceu com o apito amigo do Corinthians??

    ResponderExcluir