terça-feira, 17 de julho de 2012

Novo nome

Amigos alvinegros (ou não).

Como já foi falado por aqui, estamos em campanha para tirar nome de corrupto do nosso querido Engenhão.

Em termos políticos e éticos, a figura de João Saldanha me parece um excelente substituto para o outro João.

Mas, algumas pessoas vieram questionar porque não considerar outras homenagens, sugerindo Nilton Santos e Didi, por exemplo.

Gostei muito das sugestões. Seria legal homenagear o melhor lateral da história em vida. É outra figura de reputação inquestionável.

Podemos botar em discussão. Só considero um absurdo manter o nome que está lá, considerando as recentes notícias publicadas, confirmando "comissões" MILIONÁRIAS para o ex-todo poderoso da FIFA.

Compartilhem, opinem, não deixem essa corrente morrer.

5 comentários:

  1. Eu acho mto legal a escolha!Aliás mtos blogueiros botafoguenses aderem a campanha,eu tb to aderindo embora ainda não tive tempo de falar disso!
    abraço
    Igor
    e parabéns pelo o blog,virei assíduo aqui!
    Meu blog de esportes: http://igoresportes.blogspot.com.br/ e no twitter @blogdoigor05

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, Igor! Muito legal o seu blog, vou acompanhar também!
    Dê força pra essa campanha!

    ResponderExcluir
  3. Descobri um furo agora: "O Estádio Mané Garrincha é um estádio de futebol inaugurado em 1974 e demolido em 2010, e está sendo reconstruído e sua reinauguração está marcada para Dezembro de 2012 mas com algumas modificações no nome de Estádio Mané Garrincha para Estádio Nacional de Brasília."

    Então que mudem o nome do Engenhão para Estádio Mané Garrincha, é o maior nome da história do Botafogo, e já que fizeram o desfavor de retirar a homenagem lá do estádio lá em Brasília, a grande capital de merda nenhuma... é uma idéia.

    ResponderExcluir
  4. Boa idéia, Matheus!
    Mas que absurdo "desomenagear" o Mané... Brasil é uma vergonha mesmo...

    ResponderExcluir
  5. Oi, pessoal!
    Apenas para atualizar aqui, o nome do "novo" estádio Será Estádio Nacional Mané Garrincha.
    Parece que foi a Elza Soares que comprou a briga. Independente de como tenha sido, é uma alegria ver que a homenagem foi mantida. Apesar de nós botafoguenses termos uma relação especial com o anjo das pernas tortas, Mané é patrimônio histórico do Brasil.

    ResponderExcluir