segunda-feira, 14 de maio de 2012

Esperando o Brasileiro

Pois é...

O jogo de ontem não teve um resultado justo... o Fogão merecia a vitória, mas... não podemos desmerecer o título dos flores, que conseguiram uma vantagem no primeiro jogo...

Pior ainda foi a eliminação de quarta, pela maneira como ocorreu, com uma péssima apresentação do time. Apesar do desfalque do Lucas, novamente, não cabe culpá-lo exclusivamente, afinal, seu gesto foi de puro reflexo e emoção e se outros jogadores tivessem correspondido (Marcio Azevedo errou TODOS os cruzamentos e lançamentos...) talvez a história fosse diferente.

Mas fico imaginando como não está a cabeça desse jogador, expulso duas vczes seguidas, prejudicando o time. Se tiver um mínimo de consciência, deve estar muito abalado. Ou seja, nem sempre ter consciência é bom... espero que dê a volta por cima  e surpreenda  a todos aqueles que o estão criticando.

Enfim, voltando ao nosso problema, parece que finalmente o presidente acordou para a necessidade de renovar o departamento de futebol. Fala-se que cabeças podem rolar, porém não há nada definido e ao longo desta semana vamos vcr o quão firme é a mão do dentista!

Claro que com menos da metade do orçamento do fluminec, não temos como montar um time de estrelas e cabe aos responsáveis montar esse quebra-cabeça para o Brasileiro e a Sulamericana. Fato é que chegou o momento de sacudir as estruturas se queremos alçar vôos mais altos.

Salta aos olhos, esse sim, o campeão paulista. Assistir aos melhores momentos do peixe é de arrepiar. E a fórmula, de longo prazo, não é mistério pra ninguém: investir na base. Encontrar e desenvolver talentos. Se essa solução não resolve nosso 2012, quem sabe 2016? Ou por aí vai...

Começam agora as especulações de quem fica, quem vai, quem vem... esperemos! Mas sem perder a esperanças de que dias melhres virão. Afinal, este ano só perdemos 3 jogos. O fato de terem sido os 3 mais importantes (até o momento) não pode esconder o fato de que, no meio de tudo isso, alguma coisa está certa...

Nenhum comentário:

Postar um comentário