quinta-feira, 12 de abril de 2012

No surprises

Como eu já sabia que não iríamos ganhar, não fiquei surpresa. Não, eu não sou corneteira, apenas conheço meu eleitorado.

Achei até melhor perder na fase de grupo pois, como muitos já sabem, time que tá ganhando, as falhas e limitações passam desapercebidas! Se tiver que perder para que percebâmos o quanto a nossa defesa erra, que assim seja! Mas que assim seja na fase de grupos, é claro...

Quando eu soube que o Riquelme não iria jogar, eu soube que o Boca iria ganhar. Sabia que o time iria entra numa configuração para compensar sua ausência e que, provavelmente isso iria melhorar sua qualidade, e que daria mais ânimo, impulsionado pelo fato de termos ganhado na sua casa, e quebrado sua invencibilidade de 36 jogos.

Fora os problemas da nossa zaga, gostaria de entender que santo que baixa no Deco em alguns jogos que ele resolve agredir os adversários, a torto e a direito. Véi (nada pessoal), não precisa, você é bom, ainda não se convenceu disso? Então repito: Para de bater nos coleguinhas, você não precisa disso para ganhar um jogo! Eu juro! Infelizmente, não posso dizer o mesmo pro Diguinho, que merecia algo acima de um cartão vermelho...


De resto, acho que o time jogou de maneira displicente e descompromissada, apegados ao fato de já estarem classificados, no melhor estilo Carlinhos de jogar... aff

O melhor de tudo foi, ao final do jogo, meu namorado lamentando a nossa derrota, porque agora diminui as chances de ter um Fluxfla nas oitavas e de sermos eliminados por ele. Não duvido que ele tenha achado que perdemos deliberadamente, com medo do rival local. Mereço, né? Isso que dá namorar framenguista...

Nenhum comentário:

Postar um comentário