quinta-feira, 18 de agosto de 2011

De volta!

Assim como a Lívia disse no post aqui embaixo, também dei uma sumida, ora por questões pessoais e profissionais, ora por pura falta de entusiasmo que esse time desperta em mim como ninguém! Mas nada disso mais importa, o que importa é que, assim como o Frederico (RÁ), agora eu voltei, voltei para ficar!

Acho que a minha volta coincidir com a estreia do menino Lanzini há de ser muito auspiciosa para o meu time. Com apenas 18 aninhos, o menino mostrou muita ousadia e muita precisão nos passes, coisa que já irritava tricolores de toda a Terra. Se ele vai preencher a lacuna deixada pelo outro argentino, eu não sei, mas que nos deu esperança, isso deu...

Eu não entendo porque raios esse time tá com um péssimo hábito de, mesmo nas partidas em que venceu, apresentar uma atuação NULA no primeiro tempo. Vou sugerir que os jogos já comecem no segundo tempo porque calcula aí quanto tempo de vida eu perco com esses 90 minutos semanais jogados no lixo. Tenha santa paciência! Tá parecendo telejornal, que sempre termina com as notícias boas, pra tirar a impressão ruim de todas as tragédias noticiadas anteriormente....

O outro gringo, Martinuccio (me lembro de tê-lo xingado muito de Martinútil na final da Libertadores - sim, eu sequei o Santos!), não apresentou a mesma eficiência do menino Lanzini. Será que vou tornar a chamá-lo como chamei na Liebrtadores? E olha que esperava-se mais dele do que do outro. Mas eu confesso que adoro me surpreender positivamente com os jogadores!

O problema do ataque, apesar da última goleada, não se resolveu ainda. E não é por falta de opção, pelo menos quantitativa. Dentre as opções que temos, até acho que o Fred deva ser titular, mas acho que o menino Ciro foi pouco explorado. Acho (veja bem, ACHO) que a contratação do Sóbis foi um desperdício! Ele tem qualidade, mas não sei, falta um je nais se quois de vontade, acho que ele é meio feito de vidro, sei lá... O Araújo, coitado, até tenta, mas não consegue. Mas acho que o Abel cismou foi com o He-man mesmo, pra fazer a dupla com o Fred.

Apesar de todos os pesares, espero que essa vitória tenha dado uma injeção de ânimo aos jogadores para o clássico de domingo. Aliás, que o Vasco sirva de exemplo ao nosso time, pois, mesmo já tendo ganhado um título expressivo esse ano, não se contentou, e segue na luta pelo título brasileiro. Eu acho que passa uma sensação de dever cumprido só porque os jogadores são os atuais campeões brasileiros, e se sentem acomodados. Isso devia servir de estímulo para querer ganhar tudo e muito mais! Até porque o torcedor quer sempre mais! Eu quero mais! No mínimo uma Libertadores decente, e não esse fiasco que foi a de 2011.

É pedir muito?

2 comentários:

  1. é o fred, é o fred, é o fred, é o fred, é o fred, é o fred, é o fred, é o fred, é o fred, é o fred, é o fred, é o fred, é o fred, é o fred, é o fred....

    ResponderExcluir