terça-feira, 21 de junho de 2011

Na falta de assunto... que tal falar dos outros?

Já que meu time não anda cooperando com a minha inspiração, eu tenho que arrumar em outro lugar. Ainda bem que amanhã teremos um mega-ultra-uber-jogo: a final da Libertadores.

Me lembro que na final do ano passado (entre Internacional e Chivas Guadalara, onde o time brasileiro levou a melhor), eu fiz um post a respeito, falando bas
icamente da minha ânsia por ver o meu time novamente naquela situação. Não chegamos, nem perto, mas pelo menos fomos campeões brasileiros de 2010 (né nada, né nada, é coisa a vera!)

Mas me lembro de ressaltar a importância desse jogo, historica e mundialmente falando. Eu sei que nós, latinos, não inventamos o futebol, mas com certeza nos tornamos parte fundamental dele. Não preciso nem ressaltar a importância tupiniquim, em
especial (alguma outra seleção penta por aí? não né, só checando).

Esse jogo de quarta ainda tem um ingrediente especial. E o nome dele é Neymar. No dia seguinte do primeiro jogo da final (semana passada), a foto do menino estava estampada em jornais do mundo todo. Corrobora com isso o fato do Real Madrid estar quase trocando a mãe pelo Neymar. Será que esse será seu destino? Fato é que, não fosse o Neymar, esse jogo se resumiria a uma pequena coluna, sem foto e sem importância fora da América Latina.


Acho que o desespero do time espanhol em contratá-lo se deve ao fato de ele ser visto como o único jogador da atualidade capaz de disputar o posto de melhor do mundo com o Messi, melhor jogador do mundo e contratado vitalício do seu arquirrival Barcelona. Se o Santos ganhar, teremos como avaliar isso no confronto direto entre Santos e Barcelona. Será que se o Barça ganhar, o Real Madrid desistiria de contratar o santista?

Em relação ao jogo, eu realmente não tenho um palpite. Sei que vai ser um jogaço-aço, até por conta da falta de gols no jogo anterior, e de não existir critério de gols fora de casa (critério que ajudou bastante o time do Muricy nesse campeonato...).

Só sei que meu namorado fez uma aposta comigo: ele apostou que, caso o Peñarol seja campeão, ele derrotará o Barcelona no Mundial Interclubes. Difícil, hein...

Um comentário:

  1. Haha, adorei a foto! Neymar cai-cai levou a melhor, mas nem gostei, viu? Acho ele um chato, o time do santos um time de chatos e nem me interessei pela final. Curti mais ver o drama do River!

    ResponderExcluir