segunda-feira, 2 de maio de 2011

Bonde campeão

Ontem foi dia de discordar da Lívia pelo Twitter. Ela via um Flamengo agressivo e favorecimento a Ronaldinho Gaúcho, eu via um Vasco que estava jogando bem o suficiente para não precisar bater tanto.

Nada que pudesse acabar com nosso amor. ;) Mas vocês sabem, jogo é jogo.

No fim das contas, acho que o jogo poderia ter sido bem melhor se tivesse uma arbitragem mais digna (façam suas piadas, não ligo), que não estivesse achando espaço pra cartões só do lado rubro-negro. O Vasco deve ter levado uns 3, acho que por reclamação e por acumular 1, 2, 3 faltas! Parece que o juiz tinha um mínimo.

AH, TÁ!

Foi disputa de pênalti. De novo. E meu músculo cardíaco ainda debilitado pelo último final de semana. =/

A taquicardia foi minha melhor amiga depois de um dado momento no segundo tempo do jogo. Achei que fosse passar mal, juro. As mãos tremendo.

Sim, isso tudo por causa de um campeonato estadual. Cada um com o seu, ok? Prefiro comemorar títulos idiotas a ficar esperando os maiores chegarem. Vai que, né? Uma conquista de cada vez, melhor assim. (E isso não é uma alfinetada, convenhamos que todo mundo só faz desdenhar de cada campeonato que acaba e não leva)

Li no Twitter quem dissesse que o Prass não era tão bom na defesa de pênaltis quanto o Felipe. Grande coisa, porque Felipe quase não foi testado. Os jogadores adversários cuidaram de desperdiçar suas cobranças. Hoje isso foi classificado como um "ah, mas o Vasco ajudou, né?". Não, não ajudou.

Livia fez um comentário curioso, sobre se garantir em campo. Nenhum de nós se garantiu em campo. Fomos pra disputa homem a homem, jogador contra goleiro. Terceira disputa que levamos. E nem por isso eu comemoro quando esse é o desfecho do jogo, após 90 minutos sem gol. Prefiro uma bela jogada a uma bela cobrança ou uma defesa excepcional.

Sou mais o grupo do que o individual.

Aí Thiago Neves fez o chamado gol do título. Nessa hora engasguei. O coração disparado estava prendendo uma angústia sem tamanho, que se desfez em lágrimas. Sim, eu chorei. Chorei pra cacete, que nem criança. Não queria mais dois jogos. Não daquele jeito. Queria que meu Flamengo repetisse o feito dos botafoguenses ano passado. Queria a taça antecipada. Queria poder respirar mais calma e dizer que éramos campeões. Invictos, ainda por cima.

Antes da partida tinha avisado que seria um primeiro tempo tenso, um segundo tempo melhor e um placar de 3x1 a nosso favor. Tenho testemunhas para provar. E mesmo acreditando nisso, só fiquei tranquila quando vi o Bonde sem freio correr pra torcida em comemoração ao título, Luxemburgo e Patricia (esses dois que ainda me geram desconfiança) invadirem o campo enlouquecidos.

Queria poder fazer igual. E abraçar todos eles. Talvez uns bicos nas canelas, reclamar que deveriam levar aquilo mais a sério, que parassem de me deixar tão nervosa. Não sou mais tão nova, façam-me o favor. (Sim, sou dramática, torcedor tem passe-livre pra isso)

Disse também logo no começo que odiava jogos violentos. Odeio quando os jogadores dão o exemplo em campo para o comportamento inaceitável de torcedores que marcam brigas pela internet e saem no tapa nas arquibancadas e nas ruas. Futebol não pode ser violência, nem nos gramados e tampouco fora deles. As torcidas são muito maiores que os times. Como controlar milhões de pessoas se elas perderem o controle?

Fecho aqui com meu lamento pelas coisas que aconteceram. Pelos presos, pelos mortos e pela mocinha preconceituosa que achou que tinha o direito de ser preconceituosa porque tem de aturar seu time ser chamado de "Florminense". Fofa, isso não torna ok você chamar um de "viado flamenguista", achar ruim só ter "preto na torcida do Flamengo" ou definir Ronaldinho Gaúcho como um "preto, macaco, batedor de carteira".

Que coisa desagradável... Só porque a festa não é sua, não precisa tentar estragá-la. ;)

9 comentários:

  1. Nanda, sem comentar as outras barbaridades dele durante o jogo, R10 PISOU no jogador vascaíno no chão!! E não levou nem amarelo!

    Acho patético, o cara que representa tanto pro futebol mundial chegar nesse nível. Como ele não mostra nada em campo (e vocês mesmo já estão de saco cheio disso), faz esse tipo de coisa. Mas como é o R10...

    Acho que os 2 times bateram, como é de se esperar num jogo como o de ontem. E convenhamos, flamenguista reclamar do Índio? Talvez ele quis descontar uma vida de favorecimento, né?Rs

    Nada de chorôro, viu? O Vasco jogou melhor, o Flamengo queria as penalidades. Conseguiu e ganhou, merecidamente. O Vasco perdeu pra ele mesmo, não tem nada pra discutir, mérito nenhum pra ser questionado. Nem doeu tanto, já que não foi uma derrota.

    Mas não me conformo com essa proteção a jogadores como o R10. Ele não precisa disso. E sinceramente, menos precisa seu time, viu?

    Pra piorar ainda publicam aquela foto dele pelado!!! Acho que preferia ter visto Osama morto...

    ResponderExcluir
  2. Ah, e qual foi meu comentários curioso? Fiquei curiosa...

    ResponderExcluir
  3. Quando apitaram o final do jogo, você avisou aos que comemoraram antes da hora para não fazê-lo quando não se garantiam em campo. Aí eu disse "nenhum dos dois se garantiu em campo". Lembra?

    Esse lance do Ronaldinho eu não concordo que ele pisou intencionalmente. Acho que ele pulou pra fugir do carrinho e caiu em cima do cara.

    Achei a falta do Fellipe Bastos e a do Felipe bem piores e nenhum dos dois levou cartão.

    Pelo menos nós duas concordamos que a arbitragem errou, mesmo que estejamos apontando erros diferentes. ;)

    ResponderExcluir
  4. Minha opinião: jogo chaaaaaato, o Vasco estava um pouco melhor, mas não o suficiente para desequilibrar (como ficou provado). Os portugas peidaram nas penalidades, o fla sempre leva...

    Ronaldinho aparece mais do que faz. Thiago Neves é um babaca (se eu fosse tricolor teria mais convicção sobre isso!).

    O campeonato foi caído, mas o campeão é incontestável. Parabéns.

    Ah, realmente, tem gente aí que não pode reclamar de arbitragem. Mas nem achei o juiz tendencioso...

    ResponderExcluir
  5. Muito bem dito, Camilla! Foi o que eu, no calor do jogo, quis argumentar com a Nanda: o Índio apitou qualquer coisa, pros 2 lados. Sem critério, tava mais preocupado em mostrar o cabelo novo (e a Globo mais preocupada em comentar isso também).

    Acho que R10 pisou de propósito sim, Nanda, e um jogador como ele não precisa disso e foi um papelão o campeonato todo. A charge do Juca foi perfeita, R10 comemora um título que ganhou de pernas pro ar, só no churrasco e no pagode.

    O nome do campeonato pra mim é Thiago Neves: garantiu o título e conseguiu a ira do seu ex-clube... Completamente desnecessário e uma falta de respeito o comentário dele pós-jogo. Não só com o clube Fluminense, mas com a torcida e o elenco que ele fez parte. Fácil jogar a culpa nos outros, né?

    ResponderExcluir
  6. Eu achei o jogo equilibrado. Os dois times poderiam ter decidido nos 90 minutos. O Vasco tinha a obrigação de vencer e acho que não jogou para isso com a força que deveria. A situação do Fla era mais tranquila. Agora, na boa, tem que fazer um tratamento psicológico com os jogadores do Vasco. Bateram vários pênaltis ao longo do campeonato e ontem fizeram essa coisa vergonhosa. E olha que falei para Lívia que não era deboche. Não acho R10 protegido, já ganhou amarelo, mas acho que a arbitragem anda muito permissiva. Cartões só para os jogadores mais conhecidos por sua "truculência". Ah, e o Bottinelli ganhou um cartão amarelo justo, mas o vascaíno q o empurrou daquele jeito tb merecia. Enfim, comemoro qualquer título do Flamengo. Ah, Nanda, não gosto da Patrícia, mas ela vem me conquistando. COnfesso que ontem adorei vê-la comemorando no meio daquele bando de homens. Que venha a Copa do Brasil! Bj

    ResponderExcluir
  7. A boa campanha do time não está fazendo bem à Patricinha. Tá gordassa! hahahahahaha quando ela entrou tava com um corpinho mais de ex-atleta...

    ResponderExcluir
  8. Esqueci: o nome do Flamengo é Leo Moura! E já faz tempo. Lamentei que ele não tenha jogado ontem. Comprei o poster hj e ele não está na foto do título. snif snif snif. R10 ainda não disse a que veio, a não ser vender camisa. E nem capitão ele é. Quem manda no time é o Renato. Ele grita o jogo todo, manda, briga, etc. Quanto ao Thiago Neves... bom, tá caminhando para ser um Emerson da vida. Comentário muito feio sobre o Flu. Não precisava daquilo. E olha que ele chegou dizendo q não comemoraria gols contra o ex-time. Coisa que eu já acho desnecessário. Tem que comemorar com a nova torcida sem debochar da velha. Enfim, para mim, mostrou que não é confiável. Hj fala do Flu, amanhã fala do Fla.

    ResponderExcluir
  9. Não assisti o jogo (todo mundo fica surpreso, mas algo me dizia que não deveria assistir e sou supersticiosa o suficiente para obedecer a esses instintos), mas os pênaltis eu vi...e quase tive um treco. Duas disputas seguidas é demais para qualquer coração. Que bom que confirmamos a escrita, ganhamos, invictos, mais um troféu na Gávea. Mas esse time ainda não me inspira a menor confiança.

    ResponderExcluir