terça-feira, 12 de abril de 2011

de 2 em 2

Continuo não sentindo tanta firmeza no Flamengo, engraçado isso. Apesar de Luxa dizer que o time está progredindo, blablabla, eu ainda tenho medo do grupo em uma competição menos meia boca que o Carioca. Só um tiquinho menos meia boca, juro.

Só achei interessante que as duas últimas partidas tenham tido seus heróis. Cada um com 2 gols marcados (sim, estou considerando que Renato Abreu fez os dois gols contra o Duque de Caxias).

No jogo contra o Bota, brilhou Tiago Neves, criticado por Ledio Carmona como alguém que não estava cumprindo seu papel em campo.

Aí já vou apontar o discurso do pofexô na coletiva de imprensa (gente, só uma pausa, eu sou a única que acha que ele não faz o menor sentido e sempre responde o que dá na telha em vez do que perguntam pra ele? isso é idade ou outra coisa?). Segundo ele, foi pedido ao camisa 7 que parasse de tentar correr atrás da bola, pra tentar buscar o jogo. Em vez disso, deveria ficar mais à frente, esperando que a bola o encontrasse.

Caso conseguissem criar umas 3 oportunidades, digamos, 1 delas poderia entrar, certo? Pois então.

E assim Tiago brilhou. Não exalto o time, mas acho que Renato continua bem, Ronaldinho criou boas jogadas, mas foram muitos moles. Obrigada a Tiago Neves, que nos garantiu a vitória.

Espero que a estratégia de Luxemburgo comece a dar certo e o time esteja mesmo encontrando seu ritmo.

Porque as comemorações felizes, em grupo, toda aquela união sempre me faz sorrir. =)

Nenhum comentário:

Postar um comentário