terça-feira, 15 de março de 2011

Reflexões na Colina

E as coisas na Colina continuam um tremendo mais ou menos. Perdemos para o Macaé, mas ganhamos do Duque de Caxias; chegou Diego Souza, foi-se Marcel. Nada muito diferente do que sempre acontece por lá, uma certa instabilidade típica dos últimos 100 anos (e do próprio futebol carioca).

Não engoli bem essa saída do Marcel. Logo agora que ele parecia estar se acertando no time, encontrando seu lugar. Mas também não acho que fará tanta falta. O Vasco contratou vários jogadores medíocres -no sentido de medianos-, todos eles achando que tinham nas mãos a oportunidade de virar a estrela de um grande clube, como aconteceu com o traíra CA. Mas agora temos pseudos craques demais pra pouco espaço. E acho que o que rola é uma guerrinha de egos, já que Ricardo Gomes quer é garantir seu emprego, então vai tirar quem for preciso do time titular pra conseguir as vitórias que precisa. E os jogadores ficam aterrorizados com a possibilidade de perder a chance de ser ídolo e garantir um contrato maior na temporada que vem, preferencialmente no Velho Mundo.

Sinceramente eu acho difícil levantar a taça do carioca esse ano. Mas nada é impossível, nossos rivais começam a mostrar sinais de crise e claro que isso pode ser aproveitado por nós. Os próximos dois jogos são clássicos, contra Botafogo e Fluminense. Ambos em momento complicado, principalmente o segundo com a saída do Muricy e o drama da Libertadores. É a chance que o Gigante esperava pra mostrar a que veio e deixar aquele estrago. A receita é bem simples: jogar e GANHAR. Será que dá? De todas formas, serão dois jogos decisivos para o futuro de muitos jogadores, do técnico e até da diretoria, que já sabe que a situação está complicada em ano de eleição. É ganhar ou... preparar para a crise que virá com tudo.

***
Em tempo: Outro dia Nanda fez uma excelente observação para nossos queridos jornalistas/comentaristas/profissionais do meio esportivo: Ex. Vasco é MUITO diferente de Ex- vascaíno, tá?

Em tempo 2: em alguns posts e comentários falou-se muito em se importar ou não com a conquista do carioca. Claro que eu prefiro Copa do Brasil, Brasileirão, nem falar em Libertadores e Mundial. Mas sou daquelas que acha que até rifa merece comemoração, viu? Por isso, se Dinamite ganhar uma raspadinha e isso virar título na lógica de Ricardo Teixeira, eu tô comemorando feliz!

3 comentários:

  1. Livia, está próximo meu clássico preferido! Torço igualmente por uma boa apresentação de ambos (será que conseguirão finalmente???)e pela vitória do Fogão!

    ResponderExcluir
  2. Vasco se apequena a cada ano. Retrato e consequencia de administrações nefastas. Um clube com sua grandeza não pode discutir Diego Souza e Marcel. Muito menos fazer vergonha num estadualzinho sem-vergonha como o Carioca.

    Bernardo é candidato à ídolo. Mas é pena que não fica mais de 6 meses. Algo precisa ser feito em Sanjanu, sob pena do Vasco ir diminuindo, diminuindo, diminuindo...

    Saudações!!!

    ResponderExcluir
  3. Discordo desse papo de que o Vasco está diminuindo. Coloquei em outros posts minha visão: uma má fase. Longa, mas fase. Já vimos o Fluminense ir bem pro fundo do poço e anos depois, erguer mais uma vez a taça (apenas um exemplo). Isso é futebol, faz parte esse sobe e desce...

    Abraços!

    ResponderExcluir