sexta-feira, 18 de março de 2011

Injeção de emoção nos pontos corridos

Não é exatamente uma notícia fresquinha, mas a CBF divulgou a nova tabela do Brasileirão no dia 14.

A novidade ficou por conta da última rodada, em que teremos apenas clássicos regionais. A idéia é diminuir o "entreguismo" das últimas rodadas, que tem tirado não só a graça dos jogos, mas também o mérito dos campeões (pelo menos na boca dos adversários!).

Sem a ajuda de terceiros, as rodadas finais devem ficar mais disputadas, mantendo o interesse dos torcedores.

Claro que, para os times que chegarem ao final do campeonato sem disputar título ou vaga em campeonatos importantes ou permanência na primeirona, pode fazer pouca diferença. Porém, é uma minoria.

Se a rivalidade é entendida (e eu concordo) como um motivador a mais para os jogadores e torcedores, esta mesma rivalidade, por outro lado, é temida pela polícia. Representates da PM já manifestaram seu descontentamento com a nova tabela, alegando que será necessário dobrar o efetivo nesses dias.

Por um lado, é triste saber que há animais que tornam necessário um grande contingente policial em dia de jogo. Por outro, não acho que a tabela do campeonato nacional deve ser alterada em função desses animais e muito menos da dificuldade da polícia em lidar com eles. Cada um que supere suas dificuldades e que o espetáculo seja colocado em primeiro lugar, sem comprometer a integridade física daquele que movimenta o mundo da bola: o torcedor, aquele que vai ao estádio pra ver seu time jogar.

Resta saber se essa revisão na tabela irá satisfazer a necessidade de emoção do torcedor e aplacar as críticas de alguns jornalistas e, ainda, se o poder público vai conseguir lidar de maneira eficiente com essa nova realidade.

6 comentários:

  1. Sei lá se isso vai fazer diferença, eu acho um saco final de campeonato em que se precisa saber o resultado da rodada inteira pra determinar o campeão.

    Mas aí a discussão já volta pra pontos corridos x mata-mata e foge do que vc quis discutir.

    Vamos ver se vai fazer diferença mesmo. Se continuar uma bosta, vão ter que achar outro bode expiatório que não seja o entreguismo.

    No fim das contas, quem perde sempre fica de mimimi, então...

    ResponderExcluir
  2. Vc acha que deve voltar ao mata-mata?

    ResponderExcluir
  3. Sabe que eu não sei? Acho que ambos os esquemas têm seus problemas, mas o mata-mata tem bem mais cara de campeonato mesmo, pq tem final de verdade.

    =)

    ResponderExcluir
  4. Se deve voltar o mata-mata, eu realmente não sei. Mas só se fosse como antigamente, com os 8 primeiros se classificando para a etapa mata-mata. Realmente não consigo chegar a uma conclusão...

    Agora, se colocar clássicos na última rodada vai fazer muita diferença, eu também não tenho certeza. Se lembram no ano passado, onde rolou uma polêmica danada no jogo do Flu x Palmeiras, onde o Palmeiras teria supostamente entregado para não dar chance pro arquirrival levantar o caneco? Pois é, e isso foi na penúltima rodada...

    ResponderExcluir
  5. vdd, Marcela.

    mesmo movendo os clássicos pra última rodada, não faz diferença, ainda tem chance de rolar "estratégia".

    ResponderExcluir
  6. Clássicos na rodada final...não sei se isso vai dar certo, mas é um pontapé inicial. Vamos ver no que vai dar.

    ResponderExcluir