quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Tchau tchau 2010

E o ano chega ao seu fim. E chega também o momento de refletir sobre o ano que passou e o que esperamos para o ano que vem, certo?

Sinceramente, não sei se vale a pena perder algumas horas do meu dia pra refletir sobre o ano do meu clube, viu? Como disse várias vezes em meus posts, o Vasco esse ano foi um coadjuvante. Começamos com uma sensação de que seria o ano da volta dos títulos, do brilho do nosso belo clube no Brasil pra, em 2011, conquistarmos o mundo! Em janeiro, a goleada histórica de 6X0 no Botafogo parecia confirmar as expectativas. Mas aí, naquele fatídico sábado pós carnaval, vimos a prévia do que seria 2010: perdemos a final da Taça Guanabara para o mesmo Botafogo. E então começou o que seria a rotina do Gigante este ano, a vitória bonita em jogos que não valem nada e a derrota nos decisivos.

Bom, pelo menos foi o que ficou pra mim. Talvez outros torcedores estejam contentes e satisfeitos, considerando que ano passado disputamos a segunda divisão. Realmente não temos o melhor dos times, mas podíamos ter tido uma melhor colocação no Brasileirão. O Vasco perdeu pontos de bobeira, como contra o Galo, Botafogo e Grêmio, o que, só aí, seriam mais 6 pontos (já que empatamos nos 3). Tá, sei que esses 6 pontos só nos fariam subir 2 colocações, mas foi um exemplo. Naquele momento, estas vitórias teriam dado um embalo importante, que o time precisava. Também tivemos o azar dos muitos jogadores machucados, principalmente o Carlos Alberto. Ele praticamente não jogou o Brasileirão, e o time sentiu sua ausência, claro.

Não sou daqueles torcedores que acha que devemos esquecer as coisas ruins. Acho que temos que aprender com os erros. Por isso, espero que a pré temporada seja uma oportunidade do clube refletir e pensar em estratégias viáveis para 2011. Mas, como garantia, também aconselho aos torcedores fazerem aquele pedido de ano novo pelo nosso Gigante. Não tá fácil, e mal não faz, né? Que termine a década perdida vascaína!

Nenhum comentário:

Postar um comentário