terça-feira, 7 de dezembro de 2010

O mau perdedor

O mau perdedor é aquele sujeito que não aceita sua própria derrota. Ele tenta de todas as formas desmerecer a vitória alheia, seja para não reconhecer sua própria incompetência, seja para manchar a festa do vencedor, seja culpando os outros. Seja ainda por todos os três juntos!

A premiação do Campeonato Brasileiro de ontem foi marcada por algumas gafes, discursos longos e alfinetadas.

Não vou prolongar muito, para não parecer o Ricardo Teixeira ontem, mas dois lances chamaram atenção do Brasil: um trecho do discurso do Ricardo Teixeira e, obviamente, a grande mancada futebolística do ano, a alfinetada do Andres Sanchez.

Ricardo Teixeira em seu discurso parabenizou o Fluminense pela vitória do Campeonato e ainda acrescentou: "mostrou que o Campeonato se ganha em campo". Pela primeira vez concordei com esse ser. Não preciso explicar a mensagem por trás dessa frase, certo?

A premiação continuou, homenagens pra lá, discursos longos pra cá. Finalmente chamam ao palco o Presidente da República, para "representar" a homenagem ao centernada do Corinthians. Alías, como uma amiga bem disse, o Fluminense parecia mais um convidado indesejado da festa. A premiação estava prontinha para receber o Corinthians com campeão.

Ao fim da homenagem, chamam Andres Sanchez ao palco, para receber uma placa comemorativa. Ele recebeu e, teoricamente, era para sair palco. O Marcos Palmeira, um dos anfitriões da festa, já havia iniciado o que seria o encerramento e o ápice da festa: a entrega da taça de Campeão Brasileiro.

O Sr. Sanchez toma o microfone do Marcos Palmeiras e pede a palavra, para dar início ao maior vexame que já vi nessa premiação. Todos sabem o que ele disse, não preciso reproduzir, certo?

Logo ele, o rei da maracutaia futebolística, resolve dar lição de moral, esbanjando integridade. Logo ele, cheio de acusações (comprovadas ou não, não me importa, onde tem fumaça, tem fogo). Logo ele, que tinha certeza de que o seu time seria campeão. Coitado.

Como se não bastasse, ainda ofendeu a nossa torcida, já na festa, no que seria sua oportunidade de redenção. Mas pessoas dessa laia não estão preocupadas com isso.

Sr. Sanchez, um homem que vive no meio futebolístico e não sabe perder está fadado a infartar.

Parabéns por marcar mais negativamente ainda o ano do centenário do seu time. Você realizou essa tarefa com extremo êxito.


Como se não bastasse, essa pessoa pode ser o futuro presidente da CBF...

Aonde nós vamos parar???

5 comentários:

  1. E lá vamos nós... ambas as declarações foram ridículas.

    Por que dizer que o Fluminense ganhou no campo? Por acaso o Sr. Ricardo Teixeira sabe de algo e não quis falar? Tem rabo preso??? Para mim fez papel de FROUXO!

    A. Sanchez fez papel de ridículo recalcado. Não era a hora de alfinetar o rival, muito pelo contrário. Até compartilho da opinião de muitos outros brasileiros que vêem o Fluminense como devedor e que deve pagar a sua dívida com o futebol brasileiro, mas essa não era a hora para levantar o assunto. Não leva a nada. Isso é assunto pra ser tratado em reuniões internas da CBF ou do Clube dos 13. Amigo, o Corinthians perdeu o título por pura incopetência. O título do Fluminense foi merecido e ponto!

    Para mim, são dois babacas.

    ResponderExcluir
  2. O que o Andres Sanchez fez segunda é digno de cinema pastelão. E ainda taxar o tricolor carioca com o mesmo adjetivo pejorativo com o qual taxa o tricolor paulista é dose! Lamentável.

    "Como se não bastasse, essa pessoa pode ser o futuro presidente da CBF..."
    O Ricardo Teixeira já está destruindo o futebol brasileiro fazendo a burrice de transformá-lo em diversão p/ elite, se o Sr.Sanchez de fato chegar, num futuro não muito distante, a presidência da CBF, só tenho duas coisas a dizer: Meus pesâmes!

    ResponderExcluir
  3. Exato, Rafael. Me dói profundamente ver aquela faixa na frente do Maracanã, alguma coisa assim: "Torcedor da Copa, estamos melhorando o Maracanã para você." Cazzo, como assim? Eles estão preocupados com o torcedor que vai frequentar o estádio uma vez na vida? Qual o sentido disso??

    ResponderExcluir
  4. Daqui a 4 anos, qdo Dom Teixeira terminar de montar seu plano de aposentadoria, Sanchez já está engatilhado pra ser o próximo déspota da CBF. Pra quem tem vergonha do futebol agora, é bom começar a terapia, pq tudo só tende a piorar. Parabéns a todos os envolvidos, né?

    O q o Daniel falou é legal. Eu, por exemplo, decidi abstrair da tal dívida do Flu com o futebol brasileiro pq acho q nenhum time provou ser mais digno do título esse ano. E, como eu disse na minha homenagem de não tricolor, as duas pessoas que são chave desse título são pessoas que eu considero ter caráter admirável. Não pretendo ficar arrastando a discussão das dívidas tricolores, já q tem muito rabo preso nesse mundo da bola e pouquíssimas pessoas podem atirar pedras sobre as Laranjeiras sem correr o risco de resvalar em seu próprio telhado de vidro.

    AMEI a foto do Sanchez q vc usou, Cela! hahahaha!

    ResponderExcluir
  5. O cara foi deselegante, destemperado e sem noção.

    O Flu pegou um elevador pra primeira divisão? pegou. Isso é certo? Não. Algo deveria ser feito? Sim. Algo SERÁ de fato feito? Não. Isso é triste? É.

    Mas... o Curíntia não ter sido campeão no ano do centenário não tem nada a ver com isso.

    ResponderExcluir