terça-feira, 21 de dezembro de 2010

O apocalipse é só em 2012 mesmo?

Acho uma pergunta válida, considerando que Pat Amorim continua como presidenta em 2011 e Zico já disse que não volta ao clube nem pra ocupar o lugar da fulana. E como ela fez um trabalho tão bacana com um time que estava no topo do mundo, campeão do Brasileirão, né, imagina agora, com um time que só não foi rebaixado por preguiça?

Sabe quando você pega um asco da pessoa sem nem conhecer? Quando o currículo, as atitudes, a postura, tudo parece conspirar nesse sentido? Sou eu com a fofura à frente do meu clube de coração.

E agora vem ela pagar de bonita e dizer que ainda bem que o ano acabou. Ah, vá?? Quer me irritar mais ainda é ver os jogadores tuitando sobre a curtição total pós-campeonato (com aquele bônus besta de 15 mil por cabeça) e essa peste respirando aliviada. Tirou zero em planejamento e negativo em execução. Vai ser ruim lá na casa do cacete!

Já disse aqui inúmeras vezes que tenho muito medo do ano que vem. Depois do tanto que me doeu 2010, não tenho força pra imaginar 2011, de verdade. Vai ter muito flamenguista tenso e fazendo exame de coração só pra garantir, porque vai ser um ano tenso. TEN-SOW!

Uma das coisas inevitáveis era a renovação do elenco. Em dado momento, estávamos com uma folha de pagamento mais gorda que o Val Baiano quando chegou no Mengão, contratando com o mesmo discernimento que mulher em liquidação de shopping. Coisa ridícula. Fora isso, o time já estava bem velho e acomodado.

O processo de enxugamento, a saída e a chegada de alguns atletas poderia ser algo bem menos traumático se não tivéssemos essa cambada de jumentos cuidando de tudo no Fla. O histórico da galera não é lá muito positivo, né? Então não sei quando vou respirar aliviada quanto a isso.

Algo interessante veio com um dos nossos reforços confirmados. Felipe, goleiro do Corinthians descrito em muitas piadinhas de Twitter como um dos heróis do Hexa (quem não entendeu a graça não saca de futebol, ok?), chega com contrato que prevê rescisão em caso de problemas disciplinares.

Acho que isso não é realmente algo pessoal, apesar do rapaz ter sido foco de recente confusão com a namorada (ex de Richarlyson, cabe dizer), mas por causa de casos como os protagonizados por Bruno, Wagner Love e Adriano, além das brigas internas que volta e meia fugiam de controle, né?

Se essa moda pega, alguns jogadores vão ter de rever seu comportamento com força (hein, Jobson?).

Vamos ver como ficam as próximas contratações, mas já adianto que Felipe não me desagrada. Depois das frangadas do Lomba, acho uma boa investirmos em um novo goleiro. Não sou fã (ainda), mas pelo menos o cara é rubro-negro e isso eu já respeito. ;)

Talvez seja o caso de mandar aquela cartinha pro Papai Noel, só por garantia. Será que ainda dá tempo?

4 comentários:

  1. Eu acho que o barbudinho não vai nem querer saber do Flamengo nesse fim de ano, rsrsrsrs
    Brincadeiras a parte, o último fio de esperança que tenho da administração da Patrícia Amorim está quase indo para o brejo. Depois do título do BR-09, só lambança atrás de lambança: contratações duvidosas, queima do filme do Zico, um time que escapou do rebaixamento no BR-10 por incompetência da concorrência, enfim, tenho poucas esperanças de ver o flamengo competitivo em 2011.

    E ainda tem gente que diz que o fla quer trazer o Ronaldinho Gaúcho. É uma piada!

    ResponderExcluir
  2. E a gente na ponta, né Rafael? Vendo esse espetáculo de horror.

    ResponderExcluir
  3. Nem fala, Nanda. Vascaínos, botafoguenses e tricolores(principalmente) estão numa calmaria, comparada a nossa situação.
    Ai vem a Patrícia Amorim e se diz aliviada por 2010 estar acabando. Ela que não abra o olho para ver o q acontece em 2011.

    ResponderExcluir
  4. Olha, alguém que fez tudo que ela fez sem a menor cerimônia (e a lista é longa, vc sabe), não tem noção do mal que ela ainda pode fazer pra um clube que é tão maior do que ela.

    Como disse, já peguei asco da mulher.

    ResponderExcluir