quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Cai, cai, Mengão...

O Flamengo conseguiu garantir, na penúltima rodada do Brasileirão, sua permanência na série A. Não por mérito próprio, mas graças aos resultados gerais da tabela.

Muitos torcedores acharam interessante botar banca de time grande que nunca caiu, como se o Rubro-Negro fosse invencível. Talvez seja mesmo, tenha um pacto com o diabo, ou tenha alguma coisa mística enterrada na Gávea ou no Ninho do Urubu, porque o time fez por onde, se dedicou muito, tentou como louco cair pra Segundona, mas não conseguiu.

A palavra do Flamengo esse ano, aliás, foi fracasso. Todas as coisas boas, legais, bacanas, foram exceções e tiveram um gosto muito, muito amargo.

Isso sim, mérito da nossa presidenta e diretoria. Esses são craques. Esses são bons.

Patricia não tem carisma, não tem pegada, não passa segurança e não mostra resultados. Tem cara de coitada, nunca sabe responder nada, a não ser que não escala time. Sempre que dá coletiva, parece perdida, como se ainda não tivesse entendido o que raios ela está fazendo da vida. E depois diz que é importante saber fazer política pra presidir o Clube. Alfinetada pra Zico, que, sob sua gestão, foi humilhado no clube que o tem como ídolo maior.

RMP resumiu bem sua gestão em seu blog. Acho que não poderia fazer melhor, a não ser que dissesse meia dúzia de palavrões, e, vou confessar, já gastei minha cota de discussão da semana.

PERDEU, PERDEU... O Fla não ganhou nada no primeiro ano da administração Patrícia Amorim. Perdeu tudo no futebol, perdeu tudo no basquete, perdeu o principal patrocinador da camisa, perdeu a chance de contratar Montillo e perdeu até a oportunidade histórica de utilizar inteligentemente (e não da forma desastrada e mal sucedida que foi) o nome e o carisma de Zico. Que horror! 

 Como eu disse, fracasso. Fracasso imenso, incomparável, inigualável. Vergonha infinita.

O domingo foi um dia miserável. Torci pelos clubes cariocas, queria que o Vasco tivesse ganhado, o Bota também, e que o Flu tivesse sido campeão por antecipação. Diante de tanta violência na cidade, achei que teria sido mágico que vencêssemos pela supremacia de nosso futebol. Tontinha eu, né?

O Vasco entrou em campo desmotivado, como anunciado por Felipe. O Flamengo fez o mesmo de todo o campeonato. Bosta. Ou bosta nenhuma. Tanto faz. Botafogo e Fluminense agora só dependem de si mesmos pra garantir, respectivamente, a vaga na Libertadores (sim, ok, o Goiás tem que perder também) e a taça.

Merecem.

Aparentemente, a diretoria do Fla ofereceu 120 mil pro time antes do jogo contra o Cruzeiro, só pra ver se a galera entrava motivada em campo. Mas parece que mala branca de casa não faz milagre. O grupo desperdiçou e o clube economizou.

Aí, só pra piorar, você tem que ler que os jogadores ainda vão receber 2/3 do prêmio prometido caso o Flamengo não caísse. R$ 15 mil por cabeça, 1/3 disso pago depois do empate com o Corinthians.

Assim... É quase como se a marca pagasse à equipe de uma das franquias, apesar de eles terem incinerado a loja e dado as mercadorias na rua pra quem passasse na porta, pelos resultados da rede. Sabe? E os funcionários comemoram, como se tivessem feito por onde, acham certão receber o extra.

Mais vergonha.

Acha que acabou? Pois não. Lembra da promessa de Luxemburgo quando chegou? De que ele levaria o time à Sul-Americana? HA-HA! COMO?

Mais ainda porque 2011 será, muito provavelmente, apocalipse antecipado no Fla, que já está planejando jogar o time todo fora. Antes que venha a resposta "ué, e isso seria ruim por que?", eu já digo: qual o plano de reposição? Considerando o que vimos esse ano, acho seguro responder com um "oi? reposi... que?".

Pra torcida que achou que 2010 foi um belíssimo exemplo de falta de planejamento, seriedade e competência, obviamente regida de cima pra baixo, creio que só possa ser dito "espera que ainda pode piorar".

E hoje Leo Moura colocou em seu Twitter que eles vão correr atrás da vitória na última rodada, porque o ano foi ruim e eles merecem uma vaga na Sul-Americana.

Aham, Leo. Senta lá.

4 comentários:

  1. Desilusão total com Flamengo este ano. Talvez a palavra mais apropriada seja tristeza, já que dói na alma rubro-negra ver o clube apresentar tão pouco durante um ano inteiro.

    ResponderExcluir
  2. Esse ano foi ruim pra vcs mesmo... Veremos o próximo. Quem sabe a diretoria nao aprende com os erros? Claro, dos jogadores nao esperamos nada...

    ResponderExcluir
  3. Se a diretoria não soube o que fazer com um clube campeão do Brasileiro, vai saber o que fazer com um que quase foi rebaixado? Acho pouco provável.

    ResponderExcluir
  4. Infelizmente é isso ai, começou com o Adriano e suas noitadas e brigas na Vila Cruzeiro, confusão entre Bruno e Pet em intervalo de jogo, a perda do Carioca-10 (de maneira humilhante, diga-se de passagem)e da Libertadores, a humilhação de Andrade e a sacanagem com o Zico. Quando todos imaginavam que pior q tá não ficaria (como diz um certo Palhaço Federal), ai vem, para botar a cereja azeda no bolo, a pífia campanha no Brasileiro.
    É, gente, vamos nos preparar para fortes emoções em 2011. Alguns jogadores vão passar, outros ficarão, mas a diretoria (infelizmente) permanecerá a mesma, pelo menos até o fim do ano.

    ResponderExcluir