segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Seremos campeões!

É claro que eu estou otimista. E não poderia deixar de ser!

O cenário: Corinthians e Cruzeiro haviam ganhado jogos que, teoricamente, seriam levemente difíceis de serem ganhos (um jogava clássico e o outro jogava fora). Havíamos perdido a liderança momentaneamente. Além disso, não ganhávamos um jogo do Vasco há mais de 3 anos e, teoricamente, o mando de campo era nosso, ou seja, obrigação de vencer.

Conseguimos um gol logo no começo do jogo, logo após um tremendo susto com uns 2 minutos de jogo. E esse foi o único gol do jogo.

O Vasco jogou como há tempo não joga (acho que desde o jogo contra o Corinthians não vejo o time da Colina jogar bem), se esforçou muito, mas, com exceção de uma bola na trave (que meu coração foi parar na boca), não teve muitas finalizações que oferecessem perigo.

Mas o lance do jogo foi o "gol" que o Conquinha deu pro Washington. Um gol feito, que ele preferiu repassar ao companheiro centroavante que se esqueceu como faz gols. O Conca praticamente escreveu uma carta pra ele "eu poderia fazer esse gol, mas estou te presenteando com ele". O que acontece? Wash tenta dominar e acaba caindo! Isso mesmo! De cara para o gol, e ele cai no chão. Washington, tá ficando díficil de manter o apoio, companheiro. Sinceramente, a intenção do Conca foi ótima em passar a bola pra ele, mas ele poderia ter prejudicado toda a equipe se por acaso o Vasco tivesse feito um gol.

Agora, faltam 4 jogos. Fred deve voltar no próximo, contra o Goiás. Estou rezando muito para que o SP e o Palmeiras percam para o Vasco e para o Atl-GO, respectivamente, para que as chances (remotas) de Libertadores para ambos seja absolutamente extinta, para não ameaçarem atrapalhar nosso andamento, aí dariam uma facilitada, só para não ter chance de o Corinthians ser campeão! E aí, a gente corre pro abraço no último jogo, contra o já rebaixado (se tudo der certo) Guarani!

Faltam 4!

Um comentário: