segunda-feira, 15 de novembro de 2010

115 anos de Flamengo

Seja hoje ou daqui a dois dias, o Flamengo completa 115 anos de existência. Ao longo desses anos, foram muitas alegrias e, certamente, uma bela quantidade de desgosto. Acho que esse deve ser um dos nossos piores anos, já que estamos levando na brincadeira a possibilidade do rebaixamento.

Mas não é sobre isso que eu quero falar, também não pretendo ficar aqui gastando sobre todas as nossas conquistas, glórias e afins. Acho que o grande bem de um clube, se pararmos pra pensar bem (ou nem tão bem, talvez só um tiquinho já adianta), é a sua torcida.

Os bons jogadores vão e vem, os títulos são ganhados ou desperdiçados, as administrações ruins vão se acumulando, mas lá está a torcida, sempre entrando em campo com o time.

Até certo ponto, o Flamengo já entendeu isso, quando aposentou a camisa 12, deixando-a pra nós. E?

A sorte do Mengão é que esse é um bem praticamente autoadministrável, porque nós sabemos como eles são ótimos administrando dinheiro, recursos, patrocínios...

Só que hoje comemoramos 115 anos do Mais Querido e, em meio a toda a vergonha que nossa diretoria nos faz passar, com toda sua farofa e descaso, um time que ainda está testando o que funciona e o que não funciona, alguém ainda merece parabéns.

Feliz aniversário, torcida do Flamengo. Pelo nosso amor, por toda a felicidade e até pelo sofrimento.

Um comentário:

  1. Apenas a torcida merece. Não livro a cara de ninguém e até escrevi lá no blog que não há, de fao, o que comemorar. Leia-se torcida eu, você e quem paga ingresso e vai ao estádio exclusivamente para ver o time jogar, não para se locupletar dele.

    Saudações!!!!

    ResponderExcluir