sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Sem mais blasfêmias de agora em diante, ok?!


Como pode um ser em sã consciência blasfemizar tanto a ponto de falar uma palavra sequer contra o argentino Dario Conca? Obviamente essa é uma pergunta retórica.

Em um campeonato com mais lesões do que gols, Dario Conca (ao lado de Rogério Ceni) é o único jogador que não desfalcou o time em nenhum jogo. Ele jogou todos os jogos, praticamente inteiros, de todas as 32 rodadas que tivemos até então.

Há algumas rodadas, vem se queixando de estar jogando com dores, sob efeito constante de antiinflamatórios e analgésicos. É o preço que se paga pela enorme vontade de ser campeão, que se paga por ser ídolo mais do que consagrado dessa torcida que o abraçou e sempre o apoiou.

Sempre que sai gol do baixinho, eu me arrepio toda, pois é a concretização mais visível de sua enorme garra e competência, que por muitas vezes faz que o considerem fominha. Ser fominha é pra quem pode (viu, Rodriguinho?)

Em um jogo que tinha tudo para ser difícil, como de fato o foi, o pequenino argentino foi novamente um gigante em campo. Marcando dois gols contra o, até então, inabalável Grêmio, que não perdia há 9 jogos, que apresentou a melhor campanha do segundo turno.

O jogo foi, sem dúvida, muito mais para o Grêmio, mesmo com o Fluminense jogando em casa, quem passou a maior parte do tempo passando sufoco foi o time que jogava em casa. Mas aquele chute, aquele chute de fora da área, aquela pinturinha.... e eu me arrepio!

E, como se não bastasse, salvou o que seria mais um gol perdido do nosso atacante-sem-gols, ainda sim deixando todo o mérito para o nosso coração valente. Aí ele acaba com meu coração de torcedora!

Eu já sei sobre quem falar que vi jogar para os meus filhos....

10 comentários:

  1. Cela,
    Eu sempre falo exatamente isso!!!
    Eu poderei dizer para os meus filhos: "Seu avô teve o prazer de ver Romerito, sua mãe teve o privilégio de ver Conca"!!!!
    =))
    Nanda Rebêlo.

    ResponderExcluir
  2. O Conca está se tornando o "Dom Romero" por justamente ser decisivo na hora H. Nunca esquecerei aquele gol contra o Vasco na final do Brasileiro de 1984. Será que "Dom Conca" entrará também para a historia tricolor?
    ST
    Diogo

    ResponderExcluir
  3. Contrato vitalício já!
    E, para mim, já entrou para a minha história tricolor!
    (mas um títulozinho brasileiro não faria mal pra história de ninguém, né?!)

    ResponderExcluir
  4. a imagem do Conquinha, após o 2º gol, apontando para o Washington, é uma das coisas mais emocionantes que eu já vi num jogo de futebol. Humildade, caráter, garra, talento e competência. CONCA É EXEMPLO. CONCA É ÍDOLO. Quando formos campeões, será CONCA ETERNO.
    Camila S2 Conca.

    ResponderExcluir
  5. Eu sei que muita gente fala de Montillo, D'Ale, mas sou bem mais o Conca. Acho que ele define muito bem o que é comprometimento, mesmo machucado ele sempre joga, e sempre joga muito.

    Juro que não entendo como ele não foi convocado pra seleção Argentina, ou a razão pra alguns não aceitarem que ele é um grande jogador.

    Até eu, que sou flamenguista, voltei pra casa cantarolando a musiquinha "Conca, la Conca", quando vi que o jogo já era do Flu. Rivalidades à parte, encher o saco só por encher não me apetece.

    Além do mais, eu curto um bom espetáculo. Aplausos pro pequeno grande Conca! =D

    ResponderExcluir
  6. Sempre elogiamos o cara por aqui. Mais do que os gols, a atitude de apontar pro Washington é o tipo da coisa que, pra mim, faz um ídolo.

    O Flu (diretoria)deveria dar mais valor. Se não der, espeo que Mauricio Assumção parta pra cima! hahahahah

    Parabéns, Marcela!

    ResponderExcluir
  7. Exato. Por aqui, Conca já foi coroado rei umas 50 vezes.

    Hahaha, Camilla. E eu tentei nem incluir essa última parte do seu comentário no meu, mas compartilho do seu sentimento (só que pro Fla, é claro).

    ResponderExcluir
  8. Tirem seus olhos gordos do meu pequenino! rs

    Pois é Nanda, a comparação com o Montillo ainda vai, mas como eu disse em outro post por aqui: o cara ainda não foi de fato testado, não em relação à qualidade, mas em relação à constância e ao comprometimento (não tô falando que ele não tem nem um e nem outro, mas ainda não tivemos oportunudade de saber!)

    ResponderExcluir
  9. A atitude do dele após o segundo gol, apontando para o Washington, por si só já reflete o que é o Conca!!! Um jogador humilde e que o tempo todo trabalha pelo grupo. No primeiro gol, beijou o escudo, ele pode, ele sente amor pelo Fluminense, várias vezes já disse que adora trabalhar pelo clube.
    Então Conca, esteja certo que o clube ( torcida ) também te ama!!!!!
    Você é um craque!!!! Vida longa pra você junto com a gente!!!! E reza forte da torcida pra que a próxima diretoria renove logo o contrato dele porque tá cheio de gente de olho gordo pra cima do nosso melhor jogador!!!! ST sempre!!!!!!

    ResponderExcluir
  10. eita porcida linda por isso que eu tenho orgulho de dizer eu sou tricolor ate morrer e nada e nem ngm vai fazer mudar a minha opiniao pq eu amo o esse time eu tenho prazer e orgulho de andar com a camisa do FLUZAO pq os jogadores sabem honrra a camisa do meu FLUZAO. morram de inveja pq o meu time e o melhor e quem nao sair da frente vai ser atropelado pelo FLUMINENSE,e isso aqui que eu vou falar agora e para todos os jogadores de outros times presente cuidado com o FRED que ele vai te pegar RÁ RÁ RÁ RÁ RÁ RÁ.......

    ResponderExcluir