segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Sorte de campeão(?)

Sim, tomamos (mais) uma virada inacreditável de um time que somente irá lutar contra o rebaixamento. O resultado foi péssimo, o jogo nem tanto, apesar do adversário bem inferior qualitativamente (o que acontece com esses times? Resolvem jogar razoavelmente bem quando é contra o líder? Eu hein). Frangando Henrique mais uma vez fazendo a diferença! Não me conformo: um time que quer ser campeão do Brasileiro não pode ter um goleiro como esse, definitivamente (e olha que eu nem sou muito ativista do movimento anti-FH).

Olha, eu não sei se é impressão minha, mas, apesar de achar o Deco um puta jogador, eu tô achando que ele veio com encosto, quizila, ou qualquer coisa que o valha. Deve ter alguma explicação menos paranormal, eu sei. Talvez ele esteja sobrecarregando o argentino, porque ele só tabela com o Conca, e de vez em quando com o Mariano. Mas que o time perdeu levemente o brilho depois que ele entrou, isso foi. Belletti entrou, errou, perdeu a bola no contra-ataque e deu a oportunidade que resultou no gol de virada. Por favor, alguém quer Belletti?

O fato é que perdemos uma enorme oportunidade de irmos para O jogo de quarta, o famoso jogo de 6 pontos, sem uma enorme pressão; e agora é vencer ou vencer! Mas talvez essa pressão não seja de todo mal....

Pelo menos, todos os outros resultados da rodada (especialmente a vitória do Grêmio, no Pacaembú) nos vieram muito a calhar. Diz meu cunhado que isso é sorte de campeão (by the way, ele é flamenguista). Não sei se gosto disso, me lembra a Libertadores de 2008...

Até hoje ainda não decidi qual o melhor esquema pro time, se o 4-4-2 ou o 3-5-2, apesar de eu achar que a escolha do esquema está dependendo quase que exclusivamente dos desfalques que estamos tendo a cada rodada. Mas o que eu sei é que o Washington não pode ficar sozinho na frente, e que o Emerson faz uma falta danada! Sem dúvida foi a melhor contratação do Flu em 2010.

Agora estou me preparando psicologicamente pro jogo de quarta, afinal será (teoricamente, é claro) o melhor jogo do Brasileiro, já que estarão em campo o líder e o segundo colocado. Se perdermos, liderança vai embora junto, depois de 11 rodadas (se não me engano. Desde que ganhamos do Cruzeiro e o Corinthians perdeu pro Atl-Goianiense, confere?). Será que é desse confronto que sai o campeão? Façam suas apostas!

11 comentários:

  1. Marcela, vi uma boa parte do jogo e achei que o Deco foi um grande destaque. O futebol dele está um nível acima, sim... e claro que ele vai passar a bola pra quem sabe o que fazer com ela, no caso, o Conca. Não acompanho tanto o Flu, mas pelo que vejo, faz sentido. Me parece que o time se acomodou um pouco e além disso, o adversário estava jogando com afinco! O Atl-Go é um time mérdio, mas não é bobo não...

    ResponderExcluir
  2. Sempre gosto dos comentários da Camilla, ela é uma pessoa muito razoável. Não vi o jogo do Flu, não vi nem o do meu time, tirei férias no sábado. Mas acho que a Cami tem razão quando fala que um bom jogador, que pensa antes de fazer um passe ou um cruzamento (ou qualquer jogada que seja), vai analisar qual a chance da jogada não morrer quando sair do seu pé. E o Conca é, sem dúvida, a melhor opção. Conca (ou Conquinha, como a Marcela já disse antes) é gênio. Mas olha, se você acha que tá rolando algum encosto no Deco, ou no Flu em geral, sugiro um sacrifício para recuperar a saúde do líder. Que tal o Fred? hahahaha... Acho que é o que ele merecia depois do que fez. O time e os torcedores podem se reunir nas Laranjeiras e oferecer Fred aos deuses e repassar parte do que seria gasto pagando o salário do rapaz para o Conca. Acho digno.

    ResponderExcluir
  3. Queridas Luluzinhas, podem apostar que acho o Deco um jogador mais do que diferenciado. Ele não faz o óbvio ululante e o previsível, mas eu, como cientista, não posso me contentar com um argumento meramente metafísico. O que quis dizer foi que, desde que o dito cujo chegou, o time deu uma caída de produção. Coincidência? Provavelmente, até porque outros fatores corroboram tal feito, sendo o principal deles a lesão do Fred (argh!) e do Sheik.

    ResponderExcluir
  4. Aí já vou ter que questionar sua metodologia como cientista. hahaha... O Fred só vive lesionado,então não acho uma variável que deva ter peso sobre a existência de Deco no time. O Sheik fora, ok. Acho que desbalanceia mesmo. Mas se você quiser analisar de fato o quesito Deco no Flu, deveria considerar alguns argumentos. O estilo de jogo dele é diferente, porque ele vem da Europa e isso é discussão velha. Duas alternativas. Ele se encaixa no time ou o time se encaixa nele. Outra coisa. Que Fred tenha ciúmes do salário de Deco e fique fora do time, grandes bostas. Mas que Conca e outros jogadores que, de fato estejam representando o Flu em campo, fiquem com ciúmes... Aí a coisa complica.

    ResponderExcluir
  5. Posso até estar errada, ser implicante... mas o caso do Fluminense pra mim exemplifica bem quando se procura crise onde não existe.

    Já que somos Luluzinhas esclarecidas, vamos pensar fria e matematicamente (ou como a Marcela diz, como cientistas): uma hora o time ia perder, né? Isso era lógico. Mas mesmo perdendo continua no topo da tabela. Então, por que a crise?

    Porque vende jornal, dá ibope... e porque todos nós, no fundo, gostamos de emoção! Isso é futebol! Por isso ele desperta essa paixão na gente... porque ele é imprevisível.

    ResponderExcluir
  6. <3 Lívia Magalhães. hahahaha!!

    Seguindo essa lógica, devo acreditar que alguma hora o Flamengo tem de ganhar? Diz que sim, diz que sim!!!

    hahahahaha...

    #desesperada

    ResponderExcluir
  7. Nem acredito que uma crise esteja sendo configurada, Lívia. E nem acho que estão tentando pintar essa. Tivemos nossos deslizes, é claro. Mas não esqueço que somos líderes isolados desde que somos líderes! Com essa situação nao podemos considerar uma "crise" após 2 derrotas. O Brasileiro é assim, um campeonato longo, com tempo para derrapadas estúpidas e recuperações históricas! Com emoção, por favor!

    ResponderExcluir
  8. Vc fala de emoção pq tá aí em cima na tabela, mas ia dispensar o sentimento se estivesse mais perto do Mengão.

    Deslizes só são aceitáveis quando se está mais perto do G4 do que do Z4.

    Tô quase morrendo aqui...

    ResponderExcluir
  9. hahahahahahahahahaha Nanda, nada que vc já não tenha passado antes. Definitivamente não torço pro Fla cair, ainda mais agora com o namorido molambinho. Não quero pros outros a tristeza que um dia tivemos (e ainda pior!). Não acho que o fla vá cair...

    ResponderExcluir
  10. Marcela, acho que quem procura a crise não é o clube, claro, mas principalmente a imprensa. É o que dá ibope, né? Semana passada foi o Fred, depois a briga entre os goleiros. Hoje abrimos o jornal e é a "maldição dos minutos finais". E lembro que antes dos jogos da última rodada a Globo.com falava em "tentativa de espantar a crise".

    Eu não vejo crise. Mas tenho a sensação que alguém quer que eu veja!

    Nanda, dica de quem entende da coisa: quando estamos mal... pode ficar pior!!! rs

    ResponderExcluir
  11. Hahahaha, Lívia! Porra! PIOR???? Jesus, que medo.

    Marcela, entendo o ponto de vista da Lívia, acho que é muito por aí, sim. A jornalistada vai em cima do que pode incitar a rivalidade, porque pra eles é divertido ver o circo pegar fogo. A gente quer ver gol, eles querem ver sangue!! =D

    Por isso vão em cima dos polêmicos, desde os técnicos aos jogadores e suas picuinhas. Adoram um arranca rabo e documentar isso pro público é furo. É só você ver o que tem saído na mídia sobre o Flamengo (ok, no GE, eu não leio tuuuudo que sai na mídia), ou o tanto que eles estão se apegando na farofa espalhada por Fred, ou no Neymar.

    Convenhamos que implicar com o Santos é bem mais legal que ficar mostrando a juventude bacana dos meninos da Vila, que dançam pra comemorar gol. Né?

    ResponderExcluir