quinta-feira, 2 de setembro de 2010

O Flamengo e a arrancada imaginária

Lembro com carinho de épocas mais felizes, em que fazer o Cuca chorar era motivação suficiente para o time do Flamengo correr mais, jogar mais e dar o sangue em campo por uma vitória. Pois hoje jogamos contra o time do resmungão e fizemos bem feio.

Não adianta reclamar, dizer que Silas não soube mexer, porque ninguém conseguiria fazer melhor com um banco horroroso como o nosso. E quando Val Baiano é titular, você já parte do pressusposto de que há algo muito errado. Tipo o apocalipse. E a estimativa do quanto vai custar ao Flamengo esse jejum de Baiano é pra fazer chorar qualquer marmanjo. Não vou falar pra não chorar de novo.

Mas sabe aquele alívio quando você olha aquele jogador aquecendo e você pensa "ai, finalmente, agora sim o jogo vai rolar!"? Sabe? Eu estou quase esquecendo. Porque Silas tirou Val Baiano pra botar Fernando. Depois tirou Pet pra botar Leandro Amaral. E trocou Diego Maurício (oi?) pra botar Borja.

Ficaria mais tranquila se anunciassem a entrada do Zico em campo. De muleta.

Angelim sequelou e quase deu a bola de presente pro adversário porque foi tentar fazer sei lá o que e acabou precisando driblar dentro da área. Sem condições, não dá nem pra discutir o que foi aquilo.

Willians continua sendo um gênio. Quando ele passar de fase, vai deixar de ser só um tremendo marcador/roubador de bola pra conseguir fazer jogadas infalíveis de ataque. Aí eu morro. Só não perder a bola ou dar um passe errado depois e eu já vou amá-lo mais um pouquinho.

No jogo de hoje, se tivesse de escolher meu favorito no Rubro-Negro, deixaria meu volante amado de lado pra nomear Marcelo Lomba, goleiro que vem me surpreendendo cada dia mais. E acho que ele só tende a crescer, mas precisa de um time que faça jus a seu esforço.

Na categoria absurdos, fica a expulsão de Jean, que não passou de uma farofada do juiz. Segundo Arnaldo Cesar Coelho, árbitro e guru Global, a jogada sequer constituiu falta. Quero ver botar no ar uma leitura labial da declaração dada pelo zagueiro para o juiz depois do vermelho. DU-VI-DO!

Mas, de maneira geral, exaltados Lomba e Willians, não sobrou praticamente nada de bom pra ser mencionado sobre a participação do Flamengo no fiasco de hoje. Foi tão ruim, que só sofri mesmo por default. Já estou perdendo as forças pra lamentar, sinceramente.

Dá pra cobrar de Silas? Não, acho que não. Mas dá pra cobrar do time, que ficou gastando durante os últimos dias, prometendo uma arrancada, dizendo, no melhor estilo Obama, que era possível. Vi não, hein?

Jogando desse jeito, vamos ser campeões. Da série B do ano que vem.

Então deixo aqui meu pedido da vez. Só um pouquinho de vergonha na cara, porque vocês ganham demais pra pastar em campo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário