sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Liderança e bom elenco

Qual tricolor não se lembra da situação do Fluminense, a essa mesma altura do Brasileiro do ano passado? Enquanto eliminávamos o Flamengo pela Sudamericana, penávamos para sair do rebaixamento, e assim foi até a última rodada do Brasileiro!

Agora, em 2010, a situação é oposta! Buscamos a vitória para permanecermos líderes e para nos afastarmos cada vez mais do Corinthians (sai do meu cangote, curingão!). Enquanto no ano passado éramos dignos de pena, esse ano somos alvo da secagem alheia (né, Adílson)!

Mas não basta ser líder, tem que jogar bem, ter elenco, agradar a torcida e a crítica (éééé). E isso estamos tendo. No ano passado, quando "perdemos" Fred para sua lesão na virilha, estávamos matematicamente rebaixados (coincidência?), e quando ele voltou, foi iniciada a nossa Epopéia Tricolor, protagonizada por ele, ao lado do querido Conquinha! Ficou, então, decretada a Fred-dependência

Nas últimas partidas, estamos jogando sem nosso principal centroavante. No entanto, estamos invictos, líderes e goleando fora de casa (igualzinho ao ano passado, hein). E, pasmem, nosso principal centroavante se encontra no DM há um mês!

Não é a toa que todos os cronistas, comentaristas, metidos e intrometidos do futebol dizem que, na era dos tempos corridos, um bom elenco é o fundamental para se ganhar o Brasileiro. Claro que não precisa ser um elenco milionário, mas com peças de reposição fundamentais, como na zaga (principal alvo dos cartões amarelos) e na frente (pô, eu quero ver gol!).

Mas eu quero ver o Fred jogando do lado do Emerson! Só um joguinho não deu pra sentir o gosto....

Um comentário:

  1. O Fluminense de hoje me dá a sensação de ser um dos poucos times na história do nosso futebol que deu continuidade de uma temporada à outra. Parece que vocês seguem no embalo, como se o último jogo de 2009 tivesse acontecido logo antes do Brasileirão desse ano começar!

    ResponderExcluir