sábado, 26 de junho de 2010

Copa do Sono

Brasil 0 x 0 Portugal.

Que joguinho... não fosse pelas provocações e faltas (que deram um ar novelesco a partida), teria sido ainda pior! Pois é, quando a porradaria é a única coisa que te mantém ligada numa partida de futebol... algo vai mal.

Me parece que o problema do Dunga é o mesmo que enfrentávamos no início desse ano no alvi-negro: falta de banco. Mas, pelo menos no Bota, estamos solucionando a questão... o problema é que o Dunga poderia escolher quaisquer 30 jogadores brasileiros para compor sua seleção, ao passo que no meu querido time temos restrições imensas na hora de contratar.

Dunga utilizou critérios como lealdade e disciplina extra-campo para escalar o time canarinho. Agora, com baixas importantes, deve estar percebendo que na prática seu discurso não é tão funcional assim. É como o comentarista da ESPN colocou: o Kleberson pode comprar entrada para o museu do Apartheid para todos os dias. Temos jogadores na África do Sul que jamais irão entrar em campo (ainda bem!!!).

No lugar desses jogadores medianos, poderíamos ter opções que dariam versatilidade à seleção. Nem vou entrar nesse papo de Ganso e Neymar (já encheu o saco e não temos como saber se eles dariam conta do recado). O que ficou provado é simplesmente isso: sem uma ou duas peças do time principal, a seleção brasileira não consegue evoluir.

Seguimos torcendo para que continue a dar certo, apesar dos pesares. Mas é chato pensar que esperamos quatro anos por uma copa do mundo (eu pessoalmente espero MESMO) pra ver esse futebol sonolento que aí está.

Que venha o Chile!!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário