domingo, 24 de maio de 2009

Brilha a estrela de Josiel

Em um jogo chato, sem muita qualidade de ambos os times, o Mengão finalmente conquista sua primeira vitória no Brasileirão. O herói do ataque é Josiel, que abre o placar com uma bela cabeçada no primeiro tempo e garante a vantagem encobrindo o goleiro do Santo André no segundo.

Quem mostrou categoria, mais uma vez, foi Ibson. Em meio a discussões sobre o fim de seu contrato com o time da Gávea, o meia prova que tem consistência e quer ficar em casa. É desse sangue frio - ou seria um sangue muito quente? - que o Flamengo precisa. Para jogar no rubro-negro, tem que ter raça, tem que ter paixão. Tem que ter, acima de tudo, foco e saber que é preciso mostrar serviço em campo. E isso ele faz mais do que bem.

Obina, mais uma vez, foi presença nula na equipe. Entrou como titular por pura teimosia de Cuca, que insiste em querer provar que quem manda no time é ele. E manda mal, como sempre. Cada vez mais me convenço de que o Flamengo perde por incompetência do técnico e vence a despeito dele. Nesse caso, o empate é sempre um bom resultado. Qualquer time que tenha Cuca no comando já entra para perder. É da sua natureza, acho que ele não tem como evitar. Basta ver o discurso do cara quando o time perde. E quando o time ganha! É sempre o mesmo, ele é sempre um chorão.

Bruno foi pouco acionado, mas deu um mole quando confiou que a bola sairia pela linha de fundo e quase toma um gol de bobeira. Ainda bem pela interferência da trave...

A defesa foi bem, embora tenha se apresentado melhor em outras partidas. Toró e Willians têm sido grandes em campo, auxiliando - e muito - o leão Angelim. Fábio Luciano deve estar orgulhoso dos companheiros.

Com Juan e Leo Moura de castigo, um por insubordinação e o outro por lesão, o Flamengo mostrou um time que errou menos, dando menos chance para o contra-ataque do adversário. Algo deve estar errado com essa situação, já que ambos são excelentes laterais com valiosas contribuições para o Rubro-negro.

Eu volto a insistir na questão do técnico. Convenhamos que o elenco que Cuca tem para trabalhar é basicamente o mesmo que tinha Joel Santana na bela campanha de 2008 - até a vergonha etílica da Libertadores. Caio Junior não soube levar e Cuca agora tenta afundar o Mengão.

Muito me admira que se tenha recontratado o mesmo técnico que não conseguiu trazer bons resultados ao time em 2005, especialmente depois de Horcades tê-lo definido como um treinador deprimido, que joga o time pra baixo. E se tem coisa que funciona com o Flamengo é o esquema de jogar pra cima, de levantar o espírito. Com Stival, o clube parece estar cada vez mais apático em campo, apesar do calor da torcida mais barulhenta do Brasil.

Penso eu que a galera do futebol, em vez de sair catando atacantes, ou de ficar entrando em racha por causa da contratação negociada de Petkovic, deveria investir em um comandante digno do Mengão. E não dar a chance ao perdedor convicto Cuca de montar uma equipe a seu contento.

Numa competição de pontos corridos, não podemos nos dar ao luxo de fazer investimentos a longo prazo. Até porque, se deixarmos Cuca se acomodar, ele pode conseguir fazer o que ninguém fez até agora: carimbar o passaporte do Flamengo para a segundona.

Não dá pra ficar comemorando vitória minguada em cima do Santo André. O time, bem motivado, bem treinado, poderia ter saído do jejum com uma fantástica goleada.

Ficha técnica:

SANTO ANDRÉ 1x2 FLAMENGO
Neneca; Dionísio (Junior Dutra), Cesinha, Marcel e Gustavo Nery; Fernando, Ricardo Conceição, Marcelinho Carioca e Pablo Escobar (Rodriguinho); Antônio Flávio (Ricardo Goulart) e Nunes. Bruno; Everton Silva, Airton, Ronaldo Angelim e Everton (Fierro); Toró (Welinton), Willians, Ibson e Kleberson; Obina (Erick Flores) e Josiel.
Técnico: Sérgio Guedes. Técnico: Cuca.
Gols: Josiel, aos 31 minutos, e Ricardo Conceição, aos 43 do primeiro tempo; Josiel, aos 20 minutos do segundo tempo
Cartões amarelos: Gustavo Nery, Dionísio, Ricardo Goulart (SA); Willians, Kleberson (F). Cartão vermelho: . Público: 8.819 pagantes. Renda: R$ 197.685,00
Estádio: Bruno José Daniel. Data: 24/05/2009. Árbitro: Arilson Bispo da Anunciação (BA). Auxiliares: Raimundo Carneiro de Oliveira (BA) e Adson Marcio Lopes Leal (BA).
Fonte: GloboEsporte.com

Um comentário:

  1. Na atual fase, ganhar é lucro. E se dê por satisfeita com o golaço do Josiel.

    ResponderExcluir